Estrutura

Com estrutura que margea o Rio Apucaraninha na cidade de Tamarana, a Estância Cachoeira localiza-se no encontro entre relevos o que lhe confere um caráter único.

Natureza

As rochas escuras e a terra vermelha do terceiro planalto paranaense encontram-se coma as rochas e solos coloridos do segundo planalto paranaense.

Espécies vegetais da Mata Atlântica encontram-se com os bosques de Araucária típicos dos campos gerais, com lageados de pradarias do extremo sul e com várzeas próximas aos rios.

Pássaros e outros animais endêmicos e migratórios encontram abrigo seguro neste pedaço de natureza preservada. Em troca promovem equilíbrio e presenteiam a mata com sementes que renovam e a preservam.

Aguás 

Um capitulo a parte para ser descrito.

Parte do complexo subterrâneo do Aquifero Guarani, na estância existem nascentes protegidas que alimentam o rio Apucaraninha (o mesmo que a frente da origem ao Salto do Apucaraninha, impressionante cartão postal da região de Londrina)

Os corpos d'água que alegram a Estância Cachoeira são:

Rio Apucaraninha protegido com mata cilia e tem entre seus atrativos, ponte pênsil, mirante em meio ao rio, pequenas corredeiras com um raso espelho d´água, trilhas entre lagos e rios, além de represa e tanques para pesca esportiva. 

 Lazer

bosque de Araucárias, mata virgem, campo de futebol, auditório ao “ar livre”, quiosques, churrasqueira, redário, estacionamento, tudo em harmonia com o ambiente natural.

Na Estância Cachoeira nossas as acomodações tem uma estrutura simples e integrada a natureza.   São duas casas:

  • Casa redonda (sala com lareira, três quartos, dois banheiros e cozinhas equipadas com fogão, geladeira e freezer).
  • Edícula (quarto com banheiro, sala e cozinha equipada com fogão e geladeira), churrasqueira na área externa.          

            

           

         

          

 

 

 

 

                

                           

 

         

 

 

 

 

 

 

Expertu Agência Digital